A dependência química é uma doença. O uso compulsivo de drogas de um familiar ou amigo, afeta todos à sua volta: pai, mãe, filhos, cônjuges, colegas de trabalho e amigos.

Empresas

O familiar que convive com a dependência química, dificilmente consegue trabalhar em paz, seu foco está no dependente, imaginando o que ele está fazendo, ligando com frequência para o celular do seu ente querido.
Há casos em que o familiar abandona o emprego para “vigiar” o dependente, na esperança que estando 24 horas por dia ao seu lado ele irá conseguir controlar o uso de drogas dele.
Se o dependente é o colega de trabalho, este por sua vez passa a ter dó e supre as falhas do outro, chegando a trabalhar por ele. Esse tipo de comportamento é o que os profissionais especializados chamam de co-dependência.

Muitas empresas desenvolvem excelentes programas de ajuda aos dependentes de álcool e drogas, mas não dão a atenção devida ao familiar – que por muitas vezes gera mais problemas no local de trabalho que o próprio usuário.
Nar-Anon é um grupo de apoio e mútua ajuda, baseado nos Doze Passos voltado para a família, amigos, colegas enfim, todos aqueles cujas vidas foram afetadas pelo uso compulsivo de drogas de alguém próximo.

Nar-Anon se coloca à disposição das empresas para levar a mensagem desta irmandade, mostrando que podemos substituir o desespero pela esperança e que nossa mudança de atitudes pode encorajar o dependente químico a procurar ajuda.